Top

Tenho Dor No Ciático Ou Dor No Piriforme?

playlist

Tenho Dor No Ciático Ou Dor No Piriforme?

É comum, para não afirmarmos que 100% das pessoas ao terem dores na região da lombar, ou próximo a região glútea e que pode se irradiar, é falada dor ciática.

A dor ciática é diferente de uma Síndrome do piriforme, que é resultante de uma inflamação no nervo ciático quando ele passa pelo músculo piriforme.

Rustic Mornings (1)

 

A sensação física é diferente para as duas condições e seu tratamento também.

O músculo piriforme se localiza na região do quadril, na região glútea (ver ilustração). O nervo ciático, que tem sua origem na coluna lombar e inerva a região que vai até o dedão do pé, passa por esse músculo e pode ser inflamado à partir desse ponto, através de uma contratura ou lesão. Recebendo o nome  de Síndrome do Piriforme ou dor glútea profunda.

Principal diferença: Local de compressão do nervo ciático. Ocorre entre a região posterior da pelve (região lateral do sacro) e o do fêmur. Normalmente possui característica de dor em aperto com contratura na região do quadril.

A avaliação de um fisioterapeuta neste momento se torna o fator mais importante para o tratamento, pois através de avaliação física, ele pode identificar a origem da dor, se ciática ou a Síndrome do Piriforme.

Porque essa Síndrome é mais comum do que a dor clássica de nervo ciático?

As atividades diárias, sem um preparo físico, geram maior compressão do ciático na região glútea, o que desencadeia a Síndrome do Piriforme. Confira alguns exemplos:

  • Permanecer na postura sentada por muito tempo em posição errada.
  • Homens sentam normalmente com as pernas em rotação externa e sobre o Sacro, o que gera encurtamento severo no músculo Piriforme.
  • Posição que os homens mais sentam
  • Excesso de treino de Hipertrofia para os glúteos, sem o alongamento necessário para haver equilíbrio.
  • Lesão direta na região do Piriforme
  • Golpe de ar, o que gera uma contratura imediata na região glútea.
  • Mais uma vez homens, que sentam em cima da carteira, que gera uma compressão no músculo piriforme.

 

Tratamento Indicado:

A fisioterapia ainda é a melhor indicação para tratamento da Síndrome do Piriforme.

Através de avaliação física, o fisioterapeuta fará a melhor indicação de tratamento fisioterapêutico, de acordo com a origem da dor. Se ela foi causada por encurtamento, fraqueza, desalinhamento articular, contratura.

Evite fazer a auto avaliação, assim como exercícios sozinhos e sem o acompanhamento de um profissional. Você pode piorar sua lesão.

Caso tenha dúvidas, envie um email para contato@institutorodrigoribeiro ou acesse o link

api.whatsapp.com/send?1=pt_BR&phone=5511973836666 e tire suas dúvidas ou agende uma avaliação.
Compartilhe esse texto com aquelas pessoas que sofrem de Síndrome do Piriforme, ou que não sabem a origem de suas dores na região das pernas.

 

 

 

 

 

 

No Comments

Post a Comment